sábado, outubro 28

Inexplicável

Incrível o que se passava com aquele jogador. Evitava como ninguém, qualquer tipo de entradas que pudessem magoar os outros. Era mesmo uma das primeiras características que lhe eram reconhecidas. No entanto, inexplicavelmente, vários outros já se tinham magoado muito por com ele chocar! Obviamente, ele lamentava imenso o sucedido, consciente de que nada tinha feito para que tal sucedesse e preparando-se para, se possível, ser ainda mais cuidadoso.

3 comentários:

Carriço disse...

O Paulinho Santos também sofreu do mesmo. Só quando se retirou conseguiu dormir descansado! :)

Deixando a brincadeira de parte, a verdade é que muitas vezes é assim que acontece: magoamos mais e magoamo-nos mais quando não há intenção de ninguém para que tal suceda.

Saudações

chuvamiuda disse...

.........
obviamente
tipo atracção fatal


P.S. Obrigado pelo apoio


Bom fim-de-semana

joaquim disse...

Já havia aqueles pais que diziam no juramento de bandeira do seu filhinho:
- Olha só o nosso filho é que vai com o passo certo!!!
Abraço