sábado, maio 26

Vendas

O amor, pode por vezes impedir que se veja claramente o óbvio:
Quem ama, não suportará ver o objecto do seu amor sofrer. Muito menos ser a causa desse sofrimento, ou então...

6 comentários:

nocazz disse...

Ou então...

Não sei por que é que o amor e o sofrimento (aos mais diversos níveis) estão muitas vezes associados...
Não devia ser ao contrário?
A verdade é que só sofremos por aquilo e por quem amamos, talvez venha daí essa associação!!!


Foi apenas uma partilha "filosófica", enquanto vão ali e já vêm ;)

Anónimo disse...

Ou então... não ama.
Quem ama cuida, não faz sofrer.
Quem ama sofre também, pelo outro e com o outro.
Apesar de amar o outro, por vezes amamo-nos mais a nós próprios, e então...
Bjs
Leonor

foryou disse...

Ou então não é amor!!!
Mais do que óbvio!!! Ou então é palerma! Simples!

Margarida Atheling disse...

Que coisa tão familiar, Miguel... :)

Bjs!

malu disse...

ou então e não obstante, fá-lo; somente porque por vezes é preciso. Falo do amor paternal e a dois níveis - tu sabes.

Bjs.

carriço disse...

Ou então, como escreveu a Leonor, não ama.

Abraço