segunda-feira, julho 9

Estrelas ou pirilampos


Gosto do Verão, do calor que faz rir os olhos, de um mergulho nas ondas altas de sal que me fazem gelar os tornozelos e as emoções.
Gosto de fechar os olhos e sentir o subir e o descer do mar e ficar a ouvir os risos ao longe na praia.
Gosto do vento que me canta ao ouvido.
Gosto da areia dura onde deixo a minha marca, gosto da areia mole onde posso fazer castelos, como aqueles que ainda existem nos meus sonhos e me fazem sonhar com sorrisos.
Gosto dos pirilampos, é assim um animalzinho mágico, que nos prende à infância, parecem estrelas que conseguimos apanhar. Ao amanhecer soltamo-los, como soltamos os sonhos, como desaparecem as estrelas, como se afasta a lua, como fogem as ilusões.

10 comentários:

malu disse...

É... fiquei eu aqui assim: :)

O Verão é um sorriso de Deus.

Como tu o sabes descrever!
Bjs.

foryou disse...

E eu gostei do que li!

(quando eu for grande também vou escrever assim...) :)

Beijo

joaquim disse...

E os grilos, Leonor, e os grilos!!!
Com uma palhinha fazendo "cócigas" na toca até que saiam, para depois colocar mais perto de nós, para os ouvir cantar até que se torne ensurdecedor!!!
E as cigarras, Leonor, e as cigarras!!!
Por aqueles caminhos do Pedrógão, da Vieira, de São Pedro de Moel, no meio do cheiro do pinhal, ouvir o seu cantar roufenho, até o ouvido se cansar!!!
E as rãs, Leonor, e as rãs!!!
Naquelas noites quentes, ouvi-las a coaxar nas valas lá ao fundo, perdidas nas noites calmas dos campos do Ulmar!!!
Tens razão Leonor, é bom o Verão!!!
Beijinhos

Barão da Tróia II disse...

Uma descrição linda, boa semana.

kurika disse...

Verão lindo...este que acabas de descrever!!!

Por cá o vento estraga tudo.

Um beijinho

Tudo de bom

claudia disse...

Gosto, gosto, gosto!!

;)

foryou disse...

Um beijo enorme! Do tamanho do mundo! Para cada um de vós :)

E um obrigada ainda maior ************

Josse disse...

Verão, céu intenso azul coroado de noites estreladas e enluarada.
Hummmm...inspira o amor.

Passei e adorei sua casa.

Beijos

Margarida Atheling disse...

Gostei tanto deste texto, Leonor!
Também gosto tanto destas coisas... :)

Bjs!

Anónimo disse...

... e não são essas coisas simples que nos fazem felizes? :)

deep