terça-feira, outubro 9

Aflições

Ontem assisti a uma cena que pensava que só existia nas novelas, em que toda a gente diz a toda a gente o que pensa sem papas na língua e sem qualquer tipo de constrangimento.
Fiquei seriamente aflita. Odeio esses confrontos. Cada vez mais.
Começo com taquicardia e fico num embaraço extremo, mesmo que a conversa não seja comigo.
Todas as pessoas que assistiram ficaram incomodadas. Profundamente incomodadas.
No fim de ser muitíssimo injusto e arrogante saiu.
Sem dizer nem bom dia nem boa tarde.
E todos os que ficámos lá passamos o resto do dia atordoados e com uma sensação de desconforto, embaraçosa e humilhante.
Sem culpa nenhuma.
Não compreendo o que leva uma pessoa a ser profundamente mal criada, propositadamente desagradável e antipática. Mesmo que tenha razão, que ainda por cima não era o caso.

3 comentários:

Pedro Gamboa disse...

Puro e total descontrolo, acontece a todos...

Anónimo disse...

... ou arrogância!

deep

joaquim disse...

Hummm....

Beijinhos Leonor