terça-feira, janeiro 31

Troca de medalhas

O Sr Bill Gates está hoje em Portugal para participar no “Fórum de Líderes” organizado pela Empresa que fundou.
Nada me move contra o Bill. Bem pelo contrário. Acho-o um homem digno dos maiores elogios. Com colegas fundou uma empresa que hoje é omnipresente no nosso quotidiano. Revolucionou hábitos e costumes. Democratizou o uso do computador. Criou sistemas operativos e software que, pese embora as críticas de que são alvo, tem vindo a provar, por isto ou aquilo, serem o melhor que se faz para a generalidade do público consumidor. A bem da verdade reconheçamos que só podemos criticar o que existe e apesar de obviamente encontramos falhas (por vezes exasperantes) nos produtos que a Microsoft lança, a maior parte das pessoas usa-os hoje porque acredita na sua eficácia.
Além disso o Sr. Bill tem provado ser um homem atento à sociedade que o rodeia. Tem ajudado de diversas formas um mundo que o trata mal. Enormes doações de dinheiro para países subdesenvolvidos; para tratamento e investigação de doenças… Dirão alguns que é o homem mais rico do mundo; que não lhe faz grande diferença… De acordo. Mas mais uma vez, ele faz. É voz activa, com participação eficaz e exemplo de cidadania.
Ora vem isto tudo a propósito de o Sr. Bill ir ser agraciado pelo Presidente da Republica com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique. Isto sim já acho estranho. Parece-me de novo o nosso típico provincianismo. Vemos aqui que “Ordem do Infante D. Henrique visa distinguir os que houveram prestado:

  • Serviços relevantes a Portugal, no País e no estrangeiro;
  • Serviços na expansão da cultura portuguesa, sua história e seus valores"


Porém, o Sr. Bill vai ser condecorado “pela sua acção filantrópica no combate à pobreza e às doenças nos países mais pobres”. Não entendo. Estou enganado, ou não era esta a medalhinha que o Sr. Bill devia levar para casa?

11 comentários:

izzolda disse...

Fiquei pasma quando ouvi falar da condecoração! Não que o Billzito não tenha feito muita e muita coisa melhor ou pior, mas...uma condecoração?! Do estado português?
Bah....eles nem traduções de jeito têm, a maior parte das vezes :P

Flor disse...

pois....só nosso país para dar uma medalha dessas!
beijo

Ernesto disse...

E o Bono? o que te apraz dizer da medalha que levou para a Irlanda?

Ana disse...

Olha!!.... Não vai haver medalhas que cheguem por este andar...

Margarida Atheling disse...

Mas isto já nem surpreende!
Andam para aí a fazer cada atribuição das Ordens!!!

Joca disse...

Não existem dúvidas nos feitos do Sr Bill...mas que feitos podemos referir neste momento no nosso País...? Concordo e fico receptivo aos novos projectos que vão ser apresentados...mas será que estamos no ponto que que "somos" agraciados antes da obra provençal ser de tal forma legível que mereça
a nossa medalha...

Um abraço...

amie disse...

é o costume...

alyia disse...

Então e o homem não fez bem por Portugal?! Então não é graças a ele que estás para aqui a escrever isto?! :P
Mania de implicar :)

moonj_Rita disse...

O Bill gates e a esposa são grandes beneficientes no combate à pobreza do 3º mundo. É natural que estes devam ser reconhecidos.

/me disse...

Lembro-me de ter lido, penso que no Expresso, que o Bill Gates planeava fazer um qualquer investimento em Portugal... Esta será porventura uma contrapartida...

Miguel disse...

moonj_Rita,: de acordo! Reconheço isso no post. É da mais elementar justiça serem agraciados. Aqui ou em qualquer outro país. Não é isso que eu discuto, só acho que não devia ser esta a condecoração. Existem outras... Esta é a nossa maior e os destinatários estão bem definidos.

Joca e /me - Sim... fala-se de protocolos, cursos... Tudo isso vai ser "desenhado" hoje. No entanto parece-me prematuro. Primeiro ainda não sabemos se serão
"Serviços relevantes a Portugal, no País e no estrangeiro"; depois parece-me que este tipo de coisas serve para recompensar o acto e não o propósito.

Ernesto... o mesmo se aplica ao Bono, toda a razão!

alyia ... Pois... porque não dar uma a titulo póstumo ao Sr.- Renault? Foi graças a ele que me desloquei para aqui, hoje. ;-)